Contatos

Serviço de Emergência ao Cidadão Surdo

O que é?

Este é um serviço de vídeo-interpretação,em parceria com a Serviin (Serviço de Vídeo Intérprete) que permite colocar cidadãos surdos e ouvintes em comunicação.

A comunicação é intermediada por um intérprete licenciado em Língua Gestual Portuguesa (LGP) que comunica gestualmente com o cidadão surdo em LGP e oralmente com o ouvinte, servindo de intermediário entre os dois.

Os principais objetivos são anular a barreira na acessibilidade à informação e contribuir para uma sociedade mais inclusiva, permitindo que cidadãos surdos possam contactar o Serviço de Emergência 112 e a Linha de Saúde Açores (808 24 60 24) de uma forma mais direta e autónoma.

Como funciona?

Como pode o cidadão surdo contactar a SRPCBA

Horário de Funcionamento

De 2ª a 6ª feira das 7:00 às 22:00, incluíndo feriados
Em caso de emergência fora do horário de funcionamento do Serviço de Emergência ao cidadão surdo, comunique por SMS via Sistema de Emergência para Deficientes Auditivos e da Fala disponibilizado pelo SRPCBA, mais informação em aqui.

Como auxiliar um cidadão surdo em situação de emergência?

  • Fale olhando nos olhos do utente, toque-lhe  calmamente no ombro ou braço se  necessário;
  • Coloque-se de modo que a sua face fique bem iluminada;
  • Não coloque a mão à frente da boca e não mastigue pastilha elástica;
  • Fale calma e detalhadamente, mas sem exagero e sem gritar;
  • Utilize frases curtas;
  • Dê indicação que vai contactar o Serviin;
  • Durante a comunicação mantenha o contacto visual com o utente sempre que o mesmo olhar para si;
  • Nunca vire as costas nem converse com outra pessoa sem o informar;
  • Seja paciente.
Documentos:

Brochura Serviço de Emergência ao Cidadão Surdo