Clubes de Proteção Civil

Finalidades

Informar a população escolar sobre riscos coletivos;
Envolver a comunidade educativa na construção de uma cultura de segurança;
Educar para a prevenção e minimização de riscos;
Promover uma cidadania ativa e participante.

Objetivos

Sensibilizar alunos para a proteção civil;
Conhecer protagonistas e intervenientes;
Identificar riscos naturais e tecnológicos;
Adquirir hábitos de segurança;
Desenvolver competências no âmbito da proteção civil;
Promover atitudes e comportamentos adequados em situações de emergência.

Como Inscrever?

Podem participar alunos, professores e sempre que possível membros do pessoal não docente.
O Coordenador do Clube, que pode ser o Delegado de Segurança nomeado pela direção do estabelecimento de ensino, submeterá o projeto do Clube de Proteção Civil ao Conselho Pedagógico.

A proposta deverá incluir os objetivos, a estrutura, o nome do responsável, horário e plano de atividades.

Regulamento

O Clube de Proteção Civil, em termos gerais, poderá constituir-se com um grupo de quinze a vinte alunos e um ou dois professores, embora adaptando-se às caraterísticas e condicionalismos de cada escola e às necessidades ou constrangimentos dos planos anuais de atividades.

Desenvolverá as suas atividades num mínimo de noventa minutos semanais (um bloco letivo) para cada grupo, podendo, de acordo com as disponibilidades ou necessidades, desdobrar as suas atividades em mais do que um grupo.

Quanto aos recursos, deverá dispor de espaço próprio, que pode ou não ser uma sala, com armário e estante; computador com acesso à Internet; material básico de escrita e outros materiais letivos, de acordo com os projetos e atividades.

Das atividades desenvolvidas pelo Clube de Proteção Civil deverá ser feita avaliação, que será apresentada aos órgãos pedagógicos da escola, como é habitual, e divulgada aos agentes de proteção civil que as tenham integrado.

O Coordenador do Clube, após aprovação do projeto do Clube de Proteção Civil pelos órgãos competentes da escola, deverá estabelecer os contactos necessários com os agentes e serviços de proteção civil locais com o objetivo de instituir protocolo de cooperação. Outros contactos e parcerias deverão ser posteriormente estabelecidos no quadro das atividades do Clube.

Escolas

Clique na tua ilha e procura a tua escola, podes também ver outras escolas.

Corvo
Faial
Flores
Graciosa
Pico
Santa Maria
São Jorge
São Miguel
Terceira

Últimas Notícias

  • Escola Básica Integrada de Arrifes
    EBI Arrifes visitou SRPCBA

    O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recebeu esta amnhã, a visita de estudo dos alunos da Es...

  • Escola Básica e Secundária da Graciosa
    Alunos do Secundário em ação de sensibilização sobre Influência do Álcool na Condução

    Nos dias 12 e 17 de Abril, decorreu, no auditório da Escola Básica e Secundária da Graciosa, uma palestra e atividade informativa sobre a Influênc...

  • Escola Básica e Secundária da Graciosa
    Atenção…. Há alguém desmaiado no chão!! O que fazer??

    Os alunos do 9º ano de escolaridade tiveram a oportunidade aprender, na teoria e na prática, como se deve proceder quando uma pessoa está em risco ...

  • Escola Básica e Secundária da Graciosa
    Vem aí a época balnear…. vamos prevenir os incidentes?

    Os alunos entraram, no auditório da escola, super curiosos sobre o que iria acontecer. Depararam-se com a Agente Ana Fraga, da Polícia Marítima, pr...