SRPCBA

Aplicação da Proteção Civil - PROCIV Azores aumenta adesão de utilizadores em dois anos, destaca Rui Luís

  • 17, Junho de 2019

O Secretário Regional da Saúde destacou hoje, na Lagoa, o êxito alcançado com a aplicação para telemóveis PROCIV Azores, salientando o aumento de adesão a este serviço da Proteção Civil dos Açores.

“O retorno da aposta na área tecnológica do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) é evidente, por exemplo, no acesso por parte dos utilizadores à aplicação PROCIV-Azores", salientou Rui Luís, acrescentando que, "em 2017, esta aplicação tinha registado 1.900 downloads, em 2018 aumentou para 4.000 e, este ano, já se registaram 5.400 downloads”.

Rui Luís, que falava na entrega do 2.º e do 3.º prémio às escolas vencedoras do Concurso de Ideias dos Clubes de Proteção Civil, adiantou que, até ao final deste ano, o SRPCBA vai disponibilizar esta aplicação em alemão, português e francês.

O PROCIV Azores foi criado em 2016 e dispõe de toda a informação básica e necessária em matéria de Proteção Civil, apresentando atualmente uma versão em inglês, pensada para os turistas.

Esta ferramenta oferece informações úteis em situação de catástrofe e disponibiliza informação ao nível da sensibilização para diferentes casos, como acidentes ou situações clínicas.

“Com o crescimento do turismo, é fundamental que quem nos visita se sinta seguro, através do acesso a informações uteis sobre a Região e os serviços de segurança disponíveis”, salientou o titular da pasta da Proteção Civil.

Na cerimónia de hoje foram distinguidos os alunos dos Clube de Proteção Civil da EBS de Vila Franca do Campo, com o 2.º prémio, e da EBI da Lagoa, com o 3.º prémio, pelos resultados alcançados na segunda edição do Concurso de Ideias dos Clubes de Proteção Civil.

O 1º prémio deste concurso já tinha sido anteriormente entregue aos alunos do Clube de Proteção Civil da Escola Secundária Manuel de Arriaga, na Horta.

Os projetos vencedores inserem-se na divulgação da cultura de segurança e Proteção Civil, através de suportes tecnológicos, tendo por temas, ‘#cpc_esma #partilharsegurança’, ‘Teatrando à Proteção Civil’ e ‘Youtubers da Proteção Civil’.

Este Concurso de Ideias, promovido pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, foi dirigido aos 38 clubes de Proteção Civil, tendo aderido à iniciativa 11 clubes.

Para o Secretário Regional, é fundamental existirem Clubes de Proteção Civil nas escolas, de modo a que, em conjunto com os Conselhos Executivos, promovam medidas de autoproteção, realizem exercícios, sendo os alunos o veículo de divulgação dentro da escola, mas também junto das famílias e da comunidade.

Podem participar nestes clubes alunos e professores, que desenvolvem a sua atividade num tempo letivo de 90 minutos.

Os projetos que concorrem ao Concurso de Ideias são apresentados pelos coordenadores dos clubes e incluem os objetivos e as atividades que gostariam de ver exploradas no ano letivo seguinte.

Os critérios de avaliação do concurso tiveram em conta a adequação do tema proposto à missão da Proteção Civil, a originalidade, a relevância, a aplicabilidade e a capacidade de envolver a comunidade.

GaCS/MS

Imprimir