SRPCBA

Teresa Machado Luciano destaca responsabilidade acrescida do Corpo de Bombeiros de Ponta Delgada no socorro à população

  • 06, Agosto de 2019

A Secretária Regional da Saúde salientou que o Corpo de Bombeiros de Ponta Delgada respondeu a 25 por cento das ocorrências registadas em todo o arquipélago no ano passado, destacando a missão e a responsabilidade acrescida desta corporação por prestar apoio ao município açoriano com maior densidade populacional, para além de ser também responsável por prestar socorro no concelho da Lagoa.

Teresa Machado Luciano falava segunda-feira nas comemorações do 140.º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada, corporação que respondeu a cerca de 9.100 das 35.720 ocorrências registadas em toda a Região em 2018.

A responsável pela pasta da Proteção Civil frisou que o Corpo de Bombeiros de Ponta Delgada tem merecido a “maior atenção” por parte do Governo dos Açores no que diz respeito ao investimento que tem vindo a ser efetuado.

“Durante o ano de 2018, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores adquiriu e entregou três ambulâncias aos bombeiros de Ponta Delgada, de modo a melhorar o funcionamento do sistema de transporte terrestre de emergência médica, para assim garantir aos sinistrados ou vítimas de doença súbita a pronta e correta prestação de cuidados”, afirmou.

Na sua intervenção, Teresa Machado Luciano disse que o Governo Regional está “ciente do longo caminho que tem pela frente” e do “muito que ainda há fazer”, mas salientou que todo o trabalho que está a ser efetuado, assim como “as soluções a serem implementadas para ultrapassar os desafios constantes deste setor, são imprescindíveis para continuarmos no caminho certo e garantirmos a Autonomia dos Açores”.

“Este é um caminho que queremos continuar a trilhar, sendo nosso objetivo continuar a apoiar os corpos de bombeiros da Região na sua modernização ao nível dos equipamentos e viaturas, dando as condições e ferramentas aos corpos de bombeiros para reforçar ainda mais a qualidade da assistência”, acrescentou.

A Secretária Regional destacou ainda a participação dos Bombeiros de Ponta Delgada em 29 ações de formação, com um total de 230 formandos.

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada é a segunda mais antiga da Região, contando atualmente com 132 bombeiros no ativo.

GaCS/SRS

Imprimir