SRPCBA

Bombeiros dos Açores representam Portugal no Campeonato Mundial de Trauma, em França

  • 10, Setembro de 2019

Três equipas de bombeiros dos Açores, duas dos voluntários da Praia da Vitória e uma dos voluntários de S. Roque do Pico, vão representar a Região e Portugal no Campeonato Mundial de Trauma (World Rescue Challenge), que se disputa entre 12 e 15 de setembro em La Rochelle, França.

As três equipas açorianas, cada uma constituída por dois elementos e um treinador, apuraram-se para esta competição internacional através das classificações gerais obtidas no Campeonato Nacional de Trauma e Desencarceramento, que decorreu em maio na Praia da Vitória, na ilha Terceira.

Na altura, a equipa B e a equipa A da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória sagraram-se, respetivamente, campeã e vice-campeã, enquanto a equipa da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de S. Roque do Pico alcançou o 3.º lugar, todas na vertente 'Trauma'.

Além dos resultados conseguidos já este ano, entre as várias participações em provas, a equipa B dos Bombeiros Voluntários da Praia da Vitória sagrou-se campeã do mundo, em 2017, na Roménia, e a equipa A deste corpo de bombeiros conquistou o 2.º lugar no Campeonato Mundial de Trauma e Desencarceramento que se disputou em 2018 na África do Sul.

Por seu lado, entre as várias provas em que participou a equipa dos Bombeiros Voluntários dos Bombeiros de São Roque do Pico, destaca-se o 3.º lugar conseguido no Campeonato de Trauma do Triângulo, disputado este ano na Horta.

Para o Presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), a participação das três equipas açorianas na maior competição que se realiza à escala global “é já motivo de orgulho, independentemente dos resultados que venham a ser alcançados, e demonstra a qualidade dos bombeiros afetos ao Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores”.

“Tanto este apuramento, como as classificações obtidas pelos bombeiros em competições anteriores, comprovam a qualidade na resposta dos corpos de bombeiros à população em momentos críticos, o que é demonstrativo da aposta permanente na formação que o SRPCBA ministrou aos bombeiros da Região”, frisou Carlos Neves.

O Campeonato Mundial de Trauma, organizado pela World Rescue Organization, envolve este ano cerca de três centenas de participantes de 16 países, sendo considerado o maior evento internacional realizado em ambiente simulado.

GaCS/SRPCBA/AP

Imprimir